Telegrama

Zeca Baleiro

A
123
X02220
Bm
234
X24432
E
123
022100
F#
234
244322
G
123
320003
Tono: Bm
[Primeira Parte] Bm Eu tava triste, tristinho Mais sem graça A Que a top-model magrela na passarela Bm Eu tava só, sozinho A Mais solitário que um paulistano Que um canastrão na hora que cai o pano Bm Tava mais bobo que banda de rock A Que um palhaço do circo Vostok Bm Mas ontem eu recebi um telegrama A Era você de Aracaju ou do Alabama Bm Dizendo: Nêgo, sinta-se feliz E G Porque no mundo tem alguém que diz F# Que muito te ama F# Que tanto te ama F# Que muito, muito te ama F# Que tanto te ama [Segunda Parte] Bm Por isso hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria Bm Hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria [Refrão] Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu
Quero ser seu Quero ser seu papa [Primeira Parte] Bm Eu tava triste, tristinho Mais sem graça A Que a top-model magrela na passarela Bm Eu tava só, sozinho A Mais solitário que um paulistano Que um vilão de filme mexicano Bm Tava mais bobo que banda de rock A Que um palhaço do circo Vostok Bm Mas ontem eu recebi um telegrama A Era você de Aracaju ou do Alabama Bm Dizendo: Nêgo, sinta-se feliz E G Porque no mundo tem alguém que diz F# Que muito te ama F# Que tanto te ama F# Que muito te ama F# Que tanto, tanto te ama [Segunda Parte] Bm Por isso hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria Bm Hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria [Refrão] Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa [Segunda Parte] Bm Por isso hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria Bm Hoje eu acordei Com uma vontade danada De mandar flores ao delegado A De bater na porta do vizinho E desejar bom dia De beijar o português da padaria [Refrão] Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa Bm Mama, oh mama, oh mama A Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu Quero ser seu papa
Composición: Antonio Carlos Jobim / Adilea Da Rocha Macedo / José de Ribamar Coelho SantosColaboración y revisión: Leandro SandimHenry OliveiraGuilherme Casteloaugusto fé

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Obtén acceso a los beneficios exclusivos en la App y en el Sitio web

  • No más anuncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Descuento en nuestros productos

  • Entre otras ventajas...

Videoaula Telegrama (violão simplificada)